Mais de 2600 vagas ofertadas no concurso de Segurança Pública do Paraná

Publicado em 4 de setembro de 2019

Compartilhe!

O governo do Paraná autorizou na manhã desta quarta-feira (4) a realização de concurso público para a contratação de profissionais para a Polícia Militar, Polícia Civil e Departamento Penitenciário (Depen). Serão ofertadas mais de 2600 vagas. Os cargos são para policiais militares (2 mil vagas), delegados de polícia (50 vagas), investigadores (300 vagas), papiloscopistas da Polícia Civil (50 vagas) e agentes de penitenciários (238 vagas).

“É um volume grande de investimento em contratações para que possamos reforçar ainda mais a presença da polícia nas portas das escolas, nos bairros e nas cidades e fazer o Paraná referência em segurança pública”, disse o governador Carlos Massa Ratinho Junior no Quartel do Comando-Geral da Polícia Militar, logo antes de assinar o decreto de autorização para o lançamento do edital para o concurso público.

“Além da comunidade ser beneficiada com mais policiais militares, mas também para o policial que tem trabalhado nas ruas com escalas apertadas. Esses novos policiais darão mais tempo para que o policial de serviço tenha o tempo merecido de descanso”, comemorou o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Péricles de Matos.

O governo do estado já havia aberto em agosto as inscrições de concurso público para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar. São 90 vagas para cadete policial militar e 20 para bombeiro militar. Os subsídios variam entre R$ 3.213,61 e R$ 4.139,14 durante o curso, podendo chegar a R$ 9.544,44 após a conclusão do curso e promoção ao posto de 2º Tenente.

Para esse concurso, os interessados devem fazer a candidatura pelo site do Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) até às 17 horas de 10 de setembro. O valor da taxa de inscrição é de R$ 155.